Maio 22, 2019

ACESSAR CONTA

Usuário
Senha
Lembrar
×

Atenção

JFolder::files: O caminho não é uma pasta válida. Caminho: /home/delegado/public_html/media/jw_sigpro/users/0000000801/morari

×

Aviso

JW_SIGP_PLG_GALLERY_RENDER_PROBLEM media/jw_sigpro/users/0000000801/morari

Atendendo ao pedido dos empresários da Avenida Fortaleza, vereador Delegado Morari realiza reunião para debater assunto e tentar resolver a situação da bagunça

Uma reunião realizada pelo vereador Renato César Morari (PODEMOS), na noite desta quarta-feira (28/06) no plenário da Câmara Municipal de Rolim de Moura.

Diversos empresários da que possuem empresas na Avenida Fortaleza próximo a um Bar no qual está se tornando um problema com os empresários que reclamam da bagunça que fica após amanhecer e o som muito alto.

Muitos empresários reclamaram do lixo como garrafas de vidros quebradas pelo chão podendo causar um corte ou danificar veículos, segundo uma empresária que possui uma lanchonete próxima ao bar e o filho de um cliente cortou o pé no vidro deixado pelos usuários do bar ou mesmo pessoas que compram bebidas em outro lugar e vão beber em frente ao bar.

Estiveram presentes as autoridades da polícia militar representada pelo 3º Sargento PM Meister, SD PM Dionísio, SD Teixeira no qual tirou as dúvidas e falaram sobre a situação do som alto que segundo o Sargento Meister já multou o proprietário de um veículo que estava com som alto pela segunda vez.

O corpo de bombeiros esteve presente representado pelo 3º Sargento BM Miguel e Tenente Lauri, Sargento Miguel tirou as dúvidas sobre a situação do Bar sobre a quantidade de pessoas que o bar comporta.

Dois fiscais de obras e postura estiveram presentes e também explicou a situação do numero de pessoas que freqüentam o bar e falou sobre o horário em que o referido estabelecimento comercial Bar funciona que segundo informações vai até as 06 horas da manhã com show ao vivo, segundo o fiscal o funcionário do bar pagou um alvará especial para manter aberto até as 06 da manhã e sobre a calçada os outros proprietários reclamaram que estão usando a calçada dos outros estabelecimentos comerciais sem autorização e deixam uma baderna.

O representante do Banco SICOOB reclamou também da bagunça fica no pátio do banco e inclusive foram colocadas umas correntes para não entrar mais veículos no pátio, mas infelizmente o povo arrebentou as correntes para entrar, uma falta de respeito, deixando tudo sujo, pedaços de vidro pelo chão, camisinha, e outras coisas.

O Drº Dentista que mora na Rua de traz não consegue dormir devido o barulho do som alto em frente ao bar, segundo o dentista o mesmo já registrou um boletim de ocorrência em decorrer o barulho, mas não adianta e não é justo, moradores das redondezas que moram a mais de 30 anos no local ter que se mudar por conta do barulho.

Muitas empresas sofreram algum dano devido o pessoal ter realizado esta baderna em frente ao estabelecimento comercial e que no dia após o pizeiro fica só a sujeira, os proprietários dos estabelecimentos reclamaram e pediram providencias urgente, pois não agüentam mais tanta bagunça, a reclamação foi porque o bar fica aberto até amanhecer o dia e o povo que ficam em outros bares migram para o referido bar até amanhasse o dia.

Infelizmente o proprietario do Bar no qual foi um dos motivos pelos quais os empresarios que tem teus estabelecimentos próximo não compareceu a reunião para juntos tomarem uma decisão ou ajudar a resolver o problema e também não mandou representantes

Após muitas discussões o Delegado Morari propôs juntamente com os vereadores Drº Lauro Franciele vereador Leonel criarem uma legislação para tentar amenizar o uso do som alto tanto mecânico quanto show ao vivo e colocar um horário para permanecer com o show ao vivo e qualquer tipo de barulho.

Fonte: Assessoria

{gallery}/media/jw_sigpro/users/0000000801/morari{/gallery}

Avalie este item
(1 Votar)
© 2017 Todos os Diretos Reservados